sábado, 29 de agosto de 2015

Conheça a História de São Raimundo Nonato dos Mulundus, o Santo Vaqueiro

Texto escrito pela Profª. Dolores Mesquita
Mulundus, era uma fazenda pertencente ao município de Vargem Grande, tendo como donos umas brancas da família Faca Curta. As mesmas tinham muito dinheiro e poderes de uma escravatura da feitora de Santa Maria.
Dentre os seus vaqueiros havia uma família que tinha um filho com o nome de Raimundo Nonato, que era “fabrica” (nome que se dava aos ajudantes dos vaqueiros). Conta-nos os antigos, que todos os dias, à meia noite, Raimundo levantava-se, saía. Não demorava muito a voltar e logo retornava à sua rede. O pessoal da fazenda, curiosos com aquilo, um dia resolveram descobrir qual a origem daquele passeio incomum.
Juntaram-se, e logo que saiu Raimundo Nonato, acompanharam-no. Ficaram admirados com o que viram: encontraram Raimundo ajoelhado junto a uma pedra grande a orar. Sem serem vistos, voltaram.
Um belo dia foram vaquejar (pegar gado). Ao se reunirem na volta, deram por falta de Raimundo Nonato. Procuraram-no por toda parte da fazenda, e nada de encontrá-lo. Então eles lembraram da pedra onde ele ia rezar toda meia noite. Quando lá chegaram, encontraram-no morto, caído, com o pescoço quebrado. O chapéu de coro que trazia consigo, estava ao lado, e o corpo já estava santificado (visto que já fazia três dias de morto e não se decomposto).
Ao redor da pedra, nasceu uma carnaubeira como que cercando o local, dando umas três voltas ao redor. Com o passar dos tempos, foram tirando as palhas, pedaços do tronco, até mesmo a raiz da carnaubeira para fazer chá. As pessoas que tomavam do chá, curavam-se dos males que tinham, embora a doença fosse incurável. Supunha-se até que a carnaubeira era a mãe do santo, mandada por Deus. Fizeram então, no mesmo local, uma capelinha de palha e começaram a festejar com cânticos, orações e ladainhas o dia que ele havia morrido – 31 de agosto. A notícia começou a espalhar-se sobre o santo milagroso.
Contaram os escravos Raimundo, Secundio, Quirino, Martiniano, Macário, Zé Firino, Militão, José Cabral que o corpo santificado que havia sido levado para Roma. Mesmo assim, eles continuaram a devoção cada dia mais forte, fazendo novenas dirigidas por uma família de homens reunidos de uma escravatura da feitoria de Santa Maria que tinha por dona umas brancas da família Faca Curta.
Com a queda da monarquia a família Faca Curta vendeu as terras para o coronel Solano Rodrigues e foram embora, ficando por obediência ou amor ao santo, estes negros já citados. Estes formavam o coral das novenas cujo chefe era Macário Ferreira da Silva. Isto pelos anos de 1.858 mais ou menos.
Logo após a compra da terra da fazenda Mulundus, dona Luiza esposa do Coronel Solano Rodrigues, morava em outra fazenda, no lugar Primavera, com toda a sua família. Certo dia, um dos seus filhos, Saul, irmão de Nina Rodrigues, adoeceu gravemente. Então D. Luiza, aflita, apegou-se com o santo milagroso, que era São Raimundo. Fez a seguinte promessa: se o filho não morresse e ficasse curado, ela iria trabalhar a punho, (embora fosse muito rica) para que, com o dinheiro ganho desse trabalho, mandasse buscar uma imagem para Mulundus. Então o filho logo se restabeleceu e ficou curado graças ao milagre de São Raimundo. Logo, logo, ela tratou de cumprir a promessa. Mandou buscar a imagem em Portugal, a qual custou um conto e setecentos réis. A imagem veio através dos irmãos Islans, que eram portugueses e moravam em São Luís. Quando foi entregar a imagem esta foi carregada na cabeça para que não caísse.
Quando D. Luiza entregou a imagem na capelinha de Mulundus disse que era para ser celebrada a festa da seguinte maneira:
No dia 21 de agosto a imagem sairia de Vargem Grande, pernoitando na localidade Nova Olinda, onde ao amanhecer continuaria a romaria até chegar em Mulundus, dia 22. Permanecendo ali até o dia 31, fazendo-se, assim, um novenário em honra do Santo, encerrando a festa com uma bela procissão. No dia 1 de setembro a imagem voltaria com a mesma romaria, de ida para Mulundus, chegando em Vargem Grande no dia 2, quando então a imagem passaria o resto do tempo na Igreja de São Sebastião. Assim foi feito, até mudarem a festa para Vargem Grande, em 1953.
Com o passar dos anos, cada vez mais a festa se propagava, os milagres que os romeiros alcançavam eram de admirar. O povo queria para lá alojava-se em barraca feitas todas em palhas, e o santuário recebia uma renda fabulosa!
Resolveram, então, no lugar da capela onde foi encontrado Raimundo morto, construir uma igreja grande, onde coubesse os seus romeiros, e assim foi feito.
Lá para os anos de 1901 a 1908 era pároco da Paróquia de Vargem Grande o Pe. Custodio José da Silva Santos, que ia celebrar a festa em Mulundus. A igreja já estava iniciada e com sua ajuda, acelerou a construção da Igreja, a qual era muito bonita, com o coreto bem grande, onde as cantoras das ladinhas e orquestras ficavam a acompanhar o padre nas suas celebrações. Havia um patamar enorme, feito bem no centro de um acampado, onde ao lado ficava o rio Iguará que servia para abastecer aquele povo. É uma tristeza para quem passa naquela localidade ver a deteorização daquela bela Igreja! Apesar do abandono em que vive, o altar onde celebram as solenidades religiosas permanecem firme, sendo resistente ao sol e chuva, dizem o povo que não cai porque São Raimundo protege aquele santo lugar.
Igreja de Mulundus (Frente) foto  blog do Kabanno.
Funda da igreja de Mulundus (Foto  blog do Kabanno)

Altar da igreja de Mulundus (Intacto) foto blog do Kabanno
Publicado na Folha do Iguará – Ano I, Nº 1. Vargem Grande. Setembro, 1997. Página 5.



I COPA ALTO ALEGRE: Time da casa é CAMPEÃO. Toca recebe limpeza do gramado...

Na manhã deste sábado (29.08.15), foi realizado no campo do Agenor, no Bairro Alto Alegre, a final da I Copa Alto Alegre de futebol Socyete, sob o comando do Tony Mix. A partida foi entre Alto Alegre e Força Jovem, e terminou empatada em 3 a 3 no tempo normal de jogo. 
Lance da partida
 Já na decisão das penalidades o titulo ficou com o Alto Alegre que venceu por 5 x 4.

Momento dos pênaltis
Força Jovem, recebendo o Troféu de Vice-campeão
Alto Alegre, recebendo o Troféu de Campeão
 Na entrega da premiação o organizador do evento Tony Mix, falou das dificuldades de promover um torneio como esse, que contou com a participação de 6 agremiações e por fim agradeceu a todos que contribuíram na realização desse evento, em especial a SEDEL-VG, que deu o Troféu de Campeão, e as equipes participantes.


A TOCA DO CAMALEÃO RECEBEU NA MANHÃ DESTE SÁBADO (29), A TURMA DE OPERÁRIOS DO ZÉ FRANCISCO, PARA FAZER A LIMPEZA DO GRAMADO. TUDO PRONTO PARA AS ATIVIDADES DA  SEGUNDA TEMPORADA DE 2015.




sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Triste imagem! Escola no Maranhão funciona precariamente em antigo bar

escola em buriticupu
É no mínimo deprimente a imagem de uma escola no município de Buriticupu, a 417 km de São Luís, isso para não usarmos todos os termos cabíveis na flagrante irresponsabilidade dos nossos gestores públicos.
A escola funciona em um antigo bar no povoado “Presinha”, não tão distante da sede do município.

escola bar no maranhao-precária
 
De acordo com o leitor, que encaminhou ao blog as fotos da escola, as condições de funcionamento são péssimas e o fato de funcionar onde era um bar fica ainda mais constrangedor para os alunos.
– Quando alguém pergunta para a criança onde ela estuda, ela logo responde constrangida: lá no bar – relata a fonte do blog. 
A Secretaria de Educação do Município, para variar, é administrada pela esposa do prefeito Zé Gomes (PMDB), a primeira dama, Betel Santana. Ah, e a “escola” também não tem banheiro! Gazeta da Ilha

Estão matando tanto no Maranhão que já está “dando corpo até em árvore”

carpo arvore 0Bizarro! É o que se pode dizer de um achado na última quarta-feira, dia 26, no município de Dom Pedro, a 255 km de São Luís.
O corpo, que estava com perfurações de balas, foi resgatado por policiais militares do alto de uma árvore.
A vítima era José de Sousa Ramos, 50 anos, morador do bairro da Ceasa, próximo do local onde o corpo foi encontrado. Moradores chamaram a polícia após avistar o corpo trepado na árvore.
Os policiais suspeitam que o homem tenha subido na árvore para tentar fugir de seus algozes. Encontrado, os bandidos mataram o homem lá mesmo. (com foto do blog do Zaidan Sousa).

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Cantor mais pornográfico do Brasil fará show em São Luís

O cantor de Funk, Mr. Catra, se apresenta em São Luís na próxima sexta-feira, dia 28. Catra é considerado um dos mais pornográficos do gênero.
A própria classificação do show é 18 anos.
A pornografia começa pelos títulos de sucesso do fanqueiro: “Adultério”, “Mama”, “Mansão Thug Stronda” e o “Papai Chegou”, entre outros, impublicáveis.
mr catra
Na mídia nacional, Mr. Catra é destaque, sobretudo, por ter dezenas de mulheres fixas, num país onde a poligamia é proibida.
Para quem é maior de idade confira (aqui), um dos shows do cantor que estará em São Luís na sexta. 00
Fonte: Gazeta da Ilha

Estão tirando mais do que o couro da caçada Lidiane Leite

O blog abre espaço para a reprodução de uma bela análise do jornalista Marco D’Éça sobre a badalada caça à prefeita Lidiane Leite, suspeita de desviar recursos da prefeitura de Bom Jardim:
Cobiça e Deslumbramento
prefeita_lidianeTem sido mais do que deveria a repercussão em torno do sumiço da prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite.
Imprensa, advogados e populares passaram a especular quase que diariamente sobre o paradeiro da prefeita, como se este fosse o assunto mais importante do mundo.
Não é.
Jornalistas passam quase que o dia inteiro focado neste assunto em grupos de WhatsApp, em blogs ou redes sociais -, mas a abordagem gira, quase sempre, em torno das belas pernas de Lidiane ou seu decote nas fotos de deslumbradas de uma típica nova-rica.
E advogados disputam quase no tapa o direito de defendê-la.
Ao que parece, a beleza da prefeita – e a fortuna do seu ex-marido – despertaram a cobiça nas redes sociais, transformando um mero caso policial em série jornalística, como se o fato fosse inusitado no Maranhão.
E não é.
Há até disputa em blogs para saber se advogado tal é mais articulado que outro para resolver o problema da prefeita, transformando o defensor em uma espécie de estrela das redes sociais.
Também não é.
Infelizmente, o caso envolvendo Lidiane Leite é só mais um entre tantos neste interior empobrecido do Maranhão. E casos semelhantes – no instante exato em que a prefeita é caçada – continuam a ocorrer.
Lidiane Leite é só mais uma a ter que acertar contas com a Justiça. Espera-se, apenas, que faça, de fato, esta prestação de contas. E cada vez mais longe dos holofotes midiáticos…
Informações Gazeta da Ilha

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Imagem chocante! Mais uma barbárie de linchamento é registrada em Paço do Lumiar

Um grupo de pessoas matou a golpes de facão e pauladas um suposto assaltante no bairro Carlos Augusto, na região do Maiobão, em Paço do Lumiar, na noite desta terça-feira, dia 25.
De acordo com as primeiras informações, o suspeito teria sido visto realizando assaltos no bairro.
Foi quando um pequeno grupo resolveu agir a socos e pontapés. Logo chegaram mais pessoas, uns com facão e outros com pedaços de madeira e iniciaram o linchamento dos mais violentos já vistos.
O indivíduo, ainda não identificado, ficou com o rosto totalmente desfigurado pelos golpes de facão e pauladas que o atingiram.Fonte: www.matiasmarinho.com.br.

Pai que matou filha e mulher disse que tinha ciúmes das duas juntas

 
O gaúcho que confessou ter matado a mulher e a filha de oito meses a tiros em uma casa de veraneio no Ceará disse em depoimento à polícia que "tinha muito ciúmes dela e da bebê". O crime aconteceu na madrugada do último domingo (23).
 
Segundo a delegada Socorro Portela, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) ao G1, ele disse que a criança tomava muito tempo da mulher. "Há informações de que ele tinha bastante ciúmes, inclusive da criança, pois tomava muito tempo dela. Ele queria sair com a mulher e não conseguia, por causa da criança'', disse a delegada.
 
De acordo com o G1, na tarde desta quarta-feira (26), a babá da criança morta e familiares de Marcelo Barberena, 37 anos, prestaram depoimento. O irmão e a cunhada dele, que estavam na casa no momento do crime e sustentaram a versão de que houve um assalto no local, também foram ouvidos. 
 
 
Ao depor, a babá disse que não presenciou brigas do casal "Trabalho com eles há oito meses, desde que a Jade nasceu, e eles pareciam viver bem e não costumavam brigar. Nunca vi nenhum problema entre eles", afirmou Rafaela. Ela também alegou que não estava na casa no momento do crime.
 
O crime
 
De acordo com a PM, o assassinato ocorreu por volta 2h da manhã. A mulher e a filha dormiam em um quarto da casa que fica no Bairro Campo de Aviação, quando foram assassinadas. A mãe foi atingida na cabeça, e a bebê, nas costas. Duas famílas, a das vítimas e a do irmão do suspeito, passavam o fim de semana na casa onde ocorreram os crimes. Fonte: GI

Jornalistas são mortos nos EUA durante transmissão ao vivo

A repórter Alison Parker e o cinegrafista Adam Ward, jornalistas de uma TV afiliada à rede norte-americana CBS, foram mortos a tiros nesta quarta-feira (26/08/2015) enquanto faziam uma entrevista ao vivo no estado da Virgínia, nos Estados Unidos. (Veja o vídeo acima)
O atirador, que é um ex-empregado da emissora, atirou em si mesmo pouco depois dos assassinatos e de acordo com a imprensa não resistiu ao ferimento, morrendo no Hospital.
Os jornalistas do canal WDBJ-TV foram atingidos na Bridgewater Plaza, na cidade de Moneta, por volta de 6h45 (no horário local). A repórter tinha 24 anos, e o câmera, 27.
Vicki Gardner, integrante da Câmera de Comércio da região, era entrevistada no momento do crime. Ela foi atingida nas costas, passou por cirurgia e tinha quadro de saúde estável.
Relato de comentários racistas
A motivação do crime, no entanto, ainda não está clara. Bryce Williams postou comentários no Twitter afirmando que a repórter Alison Parker "fez comentários racistas" e que o cinegrafista Adam Ward fez uma reclamação contra ele no RH do canal, "depois de terem trabalhado junto apenas uma vez".
 
 

Em entrevista à Fox News, Jeffrey Marks disse que Vester Lee Flanagan “era para muitos uma pessoa difícil de se trabalhar”.

G1

Em Vargem Grande, população prende ladrão dentro de um poço

Um homem, que não quis declinar seu nome, foi preso na madrugada da última segunda-feira (24). Esse elemento simplesmente, depois de destelhar a panificadora Casa do Pão e arrombar o forro, entrou para o interior do estabelecimento.Só que ele não contava é que, depois de fazer muita zoada e despertar alguns funcionários que trabalhavam no momento, o barulho também acordasse os vendedores ambulantes que estavam instalados em frente ao comércio.

No primeiro momento a polícia chegou e encontrou apenas uma televisão deixada no mato e nada do meliante. Mas, após a saída da polícia, o proprietário da panificadora e alguns populares começaram novamente as buscas com a ajuda de uma lanterna.Depois de algum tempo, focaram para dentro do poço. Foi o momento que o larápio submergiu das águas e foi preso, em seguida entregue a polícia. Antes, porém, recebeu carinhosos abraços e pertos de mão, bem merecido, diga-se de passagem.
Informações Do Blog do Zé de Fátima.