sábado, 25 de fevereiro de 2017

Prefeita de Santa Luzia do Tide ganha mais que o governador do Estado


Prefeita França do Macaquinho
De forma sorrateira e numa demonstração de total desprezo à crise econômica, que se revela no crescente desemprego, a prefeita de Santa Luzia do Tide, Francilene Paixão de Queiroz, a França do Macaquinho (PP), sancionou a Lei nº 484/2017 que prevê aumento nos salários dela, do vice-prefeito e dos secretários.
A legislação também estipula reajuste da remuneração dos vereadores da cidade luziense. Sancionada no dia 18 de janeiro, a lei fixou o subsídio da prefeita em R$ 20 mil, valor maior do que o salário do governador Flavio Dino (PCdoB), que é de pouco mais de R$ 15 mil. A remuneração do vice-prefeito Juscelino Junior será de R$ 14 mil e os proventos dos vereadores de R$ 8,7 mil.
O texto diz que a proposta aprovada apenas altera a Lei nº 468/2016 que fixa os subsídios do prefeito, vice-prefeito, dos secretários municipais e vereadores para o exercício do mandato e legislatura de 2017 a 2020. No entanto, França alterou apenas os vencimentos dos auxiliares do primeiro escalão que saiu de R$ 7,5 mil para R$ 5 mil. Ou seja, Macaquinho ‘presenteou’ sua equipe de governo como uma banana. A decisão foi publicada na edição do dia 26 de janeiro de 2017, no Diário Oficial do Estado.
Contradizendo o próprio discurso da campanha de 2016, França do Macaquinho prometeu mudança até que se elegeu para o cargo de prefeita, mas o salário é de governador.

VÍDEO: caminhão cegonha tomba na BR 010 com 8 carros; 5 são arremessados


Um caminhão cegonha, de placa KLE 1745, que ia de Belém (PA) com destino a São Paulo, apresentou um possível defeito mecânico após passar por uma lombada na BR 010 e tombou fora da pista, na entrada do município de São Francisco do Brejão, no km 299 da rodovia entre os municípios de Imperatriz e Açailândia, nesta sexta-feira (24).
Os oito veículos que eram transportados pelo caminhão sofreram danos materiais sendo que cinco deles foram arremessados fora do semirreboque. O motorista saiu ileso do acidente.
Policiais Rodoviários Federais estiveram no local até que fosse feito o destombamento da cegonha, sendo necessário interditar completamente a BR 010 por alguns minutos até ser liberada totalmente.
Foto Reprodução: PRF
Blog do Minard

Prisão perpétua não traria vítima de volta, diz goleiro Bruno após deixar a prisão

Condenado a 22 anos pela morte de Eliza Samudio, ex-jogador vai aguardar julgamento de recursos em liberdade; soltura foi determinada pelo STF.

O goleiro Bruno Fernandes, condenado a 22 anos e 3 meses de prisão pelo assassinato da ex-namorada Eliza Samudio, afirma que a prisão perpétua não traria de volta a vítima do crime. O ex-jogador deu a declaração em entrevista exclusiva à TV Globo Minas logo após ser libertado na noite de sexta-feira (24).
“Independente (sic) do tempo que eu fiquei também, eu queria deixar bem claro, se eu ficasse lá, tivesse prisão perpétua, por exemplo, no Brasil… não ia trazer a vítima de volta”, afirmou o ex-jogador aos repórteres Fernando Zuba e Saulo Luis.
Bruno deixou a unidade prisional por decisão do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF). Embora tenha sido condenado, o goleiro estava preso preventivamente, enquanto aguarda o julgamento de sua apelação ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).
Marco Aurélio entendeu que há excesso de prazo nessa prisão e que o goleiro tem direito a aguardar em liberdade a decisão sobre os recursos. Depois de julgados os recursos, caso a condenação seja mantida, ele deve voltar para a prisão. Veja a decisão na íntegra.
Na entrevista, Bruno avalia que pagou pelo “erro” que cometeu. “Paguei, paguei caro, não foi fácil. Eu não apagaria nada. Isso serve pra mim de experiência, serve como aprendizado e não como punição”, disse.
“Eu acho que, nessa questão de apagar o passado das coisas, eu não apagaria nada porque através de muito… por mais que eu não tivesse amigos verdadeiros, por mais que eu não tivesse passado por certas situações na [Penitenciária] Nelson Hungria, como eu passei, eu talvez eu não daria tanto valor à vida hoje.”
O goleiro também afirmou que quer retomar a vida profissional. “Eu quero deixar bem claro que eu vou recomeçar. Não importa se seja no futebol, não importa se seja em outra área profissional, mas como eu vou estar na área do futebol, é o que eu almejo pra mim”.
De acordo com o TJMG, a condenação de Bruno em primeira instância está mantida até que todos os recursos da defesa sejam julgados. O goleiro deverá ter endereço fixo, devidamente informado à Justiça. Sobre a demora no julgamento do pedido de habeas corpus, o tribunal disse que não vai se manifestar. A advogada que representa a mãe de Eliza Samudio disse que Sônia Samudio ficou muito tensa com a libertação do goleiro. A defensora também declarou que espera que a liminar seja derrubada pelo STF.
A soltura
A Justiça considerou Bruno culpado pelo homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado de Eliza Samudio, ex-namorada do goleiro. O crime ocorreu em 2010 e o julgamento, em 2013. A defesa dele queria a anulação do júri, mas o recurso ainda não foi analisado pelo TJMG.
Nesta sexta-feira (24), às 19h37, o goleiro deixou a Apac, acompanhado de advogados e da mulher, Ingrid Calheiros. Ele cumprimentou algumas pessoas do lado de fora e saiu em um carro que já o aguardava. Bruno não quis falar com os jornalistas. Segundo a defesa, ele não terá de usar tornozeleira eletrônica.

Clamor social
Segundo o ministro, Bruno é réu primário, tem bons antecedentes e poderia ter obtido direito de recorrer em liberdade contra a condenação. Marco Aurélio Mello diz que o clamor social não deve ser colocado à frente de garantias individuais. Segundo ele, o condenado está preso há mais de seis anos sem culpa definitiva “formada”.
No despacho, o ministro do STF afirma que Bruno deverá ficar na casa que informar à Justiça, atender aos chamamentos judiciais, informar eventual transferência e “adotar a postura que se aguarda do cidadão integrado à sociedade”.
O G1 conversou com um jurista sobre a decisão de soltura. “O entendimento do Supremo é que pode se iniciar a execução da pena com a condenação em segunda instância, o que não ocorreu neste caso. O ministro está argumentando que Bruno está preso há 6 anos e sete meses anos sem culpa formada, isto é, sem o julgamento do recurso pelo tribunal. Recurso este contra a condenação de primeira instância”, disse Marcelo Peixoto, também advogado criminalista e professor.
Leia mais em G1

Colisão frontal entre veículos na BR-135 deixa 5 mortos

Um acidente na BR 135, próximo ao município de Itapecuru Miriam vitimou 5 pessoas, duas mulheres e três homens, que estavam dentro de um carro de passeio.


A colisão foi frontal entre um carro particular é um caminhão. Segundo a PRF, a pista molhada contribuiu para que os dois veículos se chocassem.
O Corpo de Bombeiros e a PM já isolaram o local.

Blog do Luis Cardoso

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Vídeo: suposto assaltante é espancado por grupo enquanto é assaltado na Barra

Um folião pipoca foi brutalmente espancado enquanto era assaltado próximo ao Shopping Barra, na Avenida Centenário, em Salvador, na noite desta quinta-feira (23). Segundo testemunhas, o homem teria assaltado alguns foliões e por isso foi agredido.
Em coletiva na manhã desta sexta-feira (24), o secretário municipal de Saúde, José Antônio Rodrigues, disse que a vítima sofreu diversas lesões e contusões. “Ele foi transferido para unidade de pronto de atendimento de Brotas e agora já deve ter sido encaminhado para um hospital. Outro caso foi de uma grávida que teve um filho na Barra, e foi levada para Maternidade Tsylla Baldino. Tivemos outro caso muito grave de um paciente próximo à Ladeira de São Bento. Ele perdeu massa dentária, teve laceração das amígdalas e teve que passar por cirurgia”, relata. 
De acordo com balanço divulgado pela Secretaria da Segurança da Bahia (SSP-BA), durante os desfiles, na noite de quinta-feira (23), nos circuitos Dodô (Barra/Ondina) e Osmar (Centro), não ocorreram homicídio ou tentativa, nem latrocínio (roubo seguido de morte) ou lesão corporal dolosa. Nove armas brancas foram apreendidas, entre elas uma pistola de brinquedo. 
Sete criminosos, que praticavam de tráfico de drogas, furtos e roubos nos locais da festa, foram capturados e autuados em flagrante. A polícia apreendeu ainda 146 trouxinhas com maconha, 41 pinos com cocaína, 11 frascos de lança-perfume, um comprimido de ecstasy e 42 porções de crack.
Dois adolescentes foram encaminhados ao posto da Delegacia do Adolescente Infrator (DAI). Um deles pelo crime de tráfico de entorpecentes e outro após praticar um roubo. Nos dois circuitos foram cometidos 57 furtos e 11 roubos, além de nove casos de lesões corporais leves, provenientes de desentendimentos.
Por Redação Bocão News

Governo Flávio Dino é, no máximo, igual aos outros… No máximo!

Eleito com a promessa de que seria diferente do que se tinha no Maranhão, o governador comunista faz tudo igual ao que já havia sido feito, com a diferença negativa de ter menos a apresentar após dois anos de mandato


Flávio Dino: apenas igual a todos os outros
O governador comunista Flávio Dino elegeu-se com o discurso de que seria diferente do que havia no Maranhão.
Em seu gogó, seria ele mais honesto, mais competente e mais moderno.
Não é nenhuma coisa nem outra.
Dois anos após assumir o governo, Flávio Dino faz tudo igual a todos.
Os mesmos métodos, as mesmas práticas e até os mesmos aliados. (Veja aqui e aqui)
Os aviões que ele criticava como gasto supérfluo, agora gasta três vezes mais. (Relembre aqui, aqui e aqui)
O aparelhamento do estado com aliados políticos e parentes – que ele chamava de moralidade – agora faz quase que diariamente. (Releia aqui e aqui)
Compra de produtos e serviços com preços acima do mercado, que ele via como corrupção, agora virou a tônica de suas licitações. (Releia aqui)
E pra finalizar, Flávio Dino também gasta, por dia, com agência de publicidade, o que se gastava por semestre no governo anterior. (Leia aqui)
Flávio Dino é apenas igual a todos os outros, no máximo.
Com a diferença de que tem menos a mostrar em seus dois anos de governo que qualquer outro antes dele.
É simples assim…
Blog Marco Aurélio de D'Eça.

Concursados ocupam prefeitura de Barreirinhas e prefeito some da cidade

A guerra entre os funcionários concursados e o prefeito de Barreirinhas Albérico Filho parece não ter fim. Nesta quinta-feira (23), uma nova manifestação foi realizada na cidade. Os concursados ocuparam a sede da prefeitura e a porta da casa do prefeito, que tomou Doril e sumiu.
A confusão é pelo fato do prefeito estar contratando pessoas ilegalmente colocando as mesmas no lugar dos concursados.
No dia 20 de janeiro uma “barreira humana” foi feita na sede da prefeitura, ninguém entrava no local. O prefeito alega na justiça que não tem condições de pagar os salários dos concursados.
No final do mês passado, o Ministério Público moveu uma ação em desfavor ao município de Barreirinhas onde foi determinado a imediata nomeação dos concursados.

Blog do Luis Cardoso

STF manda soltar goleiro Bruno, ex-Flamengo


O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu liminar no Habeas Corpus (HC) 139612, impetrado em favor do ex-goleiro Bruno Fernandes das Dores de Souza. O relator apontou que a defesa de Bruno apresentou apelação junto ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG) contra a decisão do Tribunal de Júri de Contagem (MG), que o condenou em março de 2013, mas o recurso ainda não foi analisado.
“A esta altura, sem culpa formada, o paciente está preso há 6 anos e 7 meses. Nada, absolutamente nada, justifica tal fato. A complexidade do processo pode conduzir ao atraso na apreciação da apelação, mas jamais à projeção, no tempo, de custódia que se tem com a natureza de provisória”, afirmou o ministro. Bruno foi condenado a 22 anos e 3 meses de reclusão, em regime inicial fechado, pela prática dos crimes de homicídio qualificado, sequestro e cárcere privado e ocultação de cadáver de Eliza Samudio e preso preventivamente desde julho de 2010.
Segundo o ministro Marco Aurélio, não há, na legislação brasileira, a segregação automática tendo em conta o delito possivelmente cometido, levando à inversão da ordem do processo-crime, que direciona, presente o princípio da não culpabilidade, a apurar-se para, selada a culpa, prender-se, em verdadeira execução da pena, ressaltou.
O relator afirmou que a decisão do Tribunal de Júri de Contagem de negar pedido da defesa para o ex-goleiro ser solto considerou a gravidade concreta da imputação e o clamor social. “Reiterados são os pronunciamentos do Supremo sobre a impossibilidade de potencializar-se a infração versada no processo. O clamor social surge como elemento neutro, insuficiente a respaldar a preventiva. Por fim, colocou-se em segundo plano o fato de o paciente ser primário e possuir bons antecedentes”, destacou.
O ministro Marco Aurélio determinou a expedição do alvará de soltura caso Bruno não se encontre recolhido por motivo diverso da prisão preventiva formalizada no processo do juízo do Tribunal do Júri da Comarca de Contagem.
Leia a íntegra de decisão.
 Do G1 MG

Mãe e filha são assassinadas na cidade de Codó-MA

Vítima Célia Maria (foto: blog do Bezerra)
Os codoenses também estão sofrendo com a violência. Nesta quinta-feira (24) uma mulher e a filha, de apenas 6 anos, foram assassinadas na porta de casa, onde funciona um bar. A mulher, identificada como Célia Maria Maximiliano Viana era namorada de um traficante de Codó conhecido como Léo, que no início deste ano também foi executado.
A polícia já sabe que dois criminosos chegaram a pé no local e efetuaram seis disparos contra Célia Maria. A criança que estava no colo da mãe também foi baleado e não resistiu. Suspeita-se que os assassinos são os mesmos envolvidos na morte de Léo, mas as investigações ainda não foram concluídas.
Célia Maria, era mãe de um jovem que está preso por prática de homicídio, Bebeto, como é conhecido, matou o próprio amigo numa prévia de carnaval há aproximadamente quatro anos na cidade de Codó. O rapaz ainda cumpre pena pelo crime.
Informações: blog do Bezerra

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Policial Militar é preso em Bacabal suspeito de abusar sexualmente de uma criança

O policial militar Orlando de Santana Fernandes Júnior, 32 anos, lotado na 14ª Companhia Independente do município de Bom Jesus da Selva, foi preso na tarde desta quinta-feira (23) quando se apresentou para prestar depoimento ao delegado Elson Ramos, na 16ª Delegacia Regional de Bacabal.

Fernandes Júnior é acusado de abusar sexualmente de uma menor de 12 anos, crime ocorrido na terça-feira (14) em São Luís Gonzaga do Maranhão, cidade onde reside.

A vítima seria conhecida da família do policial que se aproveitou da intimidade para ganhar sua confiança e cometer o abuso no interior de um veículo. A menor teria saído de casa para ir a igreja.

O abuso, constatado em exame de conjunção carnal, foi confessado para a mãe pela própria criança.

O caso estava sendo investigado e por isso o policial compareceu na delegacia para prestar esclarecimento, entretanto, não sabia que havia a decretação da sua prisão.
Fernandes Júnior será encaminhado para São Luís.
Após prestar depoimento e receber voz de prisão, o policial foi
apresentado no Quartel do 15º BPM.
A equipe de reportagem da TV Difusora (canal 2) foi a única a registrar a chegada do suspeito na delegacia de Bacabal. A reportagem completa irá ao ar nesta sexta-feira (24), a partir das 6h15, no programa "Bandeira 2", apresentado por Romário Alves, e, ao meio-dia, com Randyson Laércio no "Na Hora D".

O delegado regional Elson Ramos deu alguns  detalhes do caso.

Blog Sergio Matias